Campanha de vacinação contra o sarampo supera expectativas em Foz do Iguaçu Campanha de vacinação contra o sarampo supera expectativas em Foz do Iguaçu 12 >
}


PORTAL
TRANSPARÊNCIA

PORTAL
SERVIDOR

PORTAL
SAÚDE
WhatsApp

Data | Hora de publicação: 03/12/2019 | 16:49:28

Campanha de vacinação contra o sarampo supera expectativas em Foz do Iguaçu

No público de 06 a 11 meses, Foz atingiu 121.61% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde




Foz do Iguaçu encerrou a campanha de vacinação contra o sarampo no último sábado (30) com um balanço positivo entre a população, com destaque para o público infantil que atingiu 121.61% da meta dos 6 meses aos dois anos de idade e 117.4%, dos 12 meses aos dois anos. Ao todo, mais de 3 mil pessoas se imunizaram contra a doença e também aproveitaram para atualizar a caderneta de vacinação. A campanha teve início em outubro foi dividida em duas etapas, com foco nos nas crianças entre 6 meses a menores de 5 anos e nos jovens de 20 a 29 anos. 

De acordo com os dados epidemiológicos do sarampo no país e também no estado, os dois grupos tiveram o maior número de casos e, no caso das crianças, o público com maior vulnerabilidade para complicações da doença. No Paraná, 429 pessoas contraíram o Morbillivirus. Desse total, cerca de 53% dos casos são de jovens entre 20 a 29 anos. Nessa última etapa da campanha, foram aplicadas 656 doses nesse público. Desde o início do ano, 7.032 jovens foram imunizados. No balanço geral de 2019, foram realizadas foram aplicadas 29.965 doses da vacina tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola), em pessoas de 6 meses a 49 anos de idade.

Mobilização
Os números do sarampo no Brasil e no Paraná colocaram em alerta as regiões de fronteira como Foz do Iguaçu, por onde circulam milhares de pessoas. A adesão do município às mobilizações contra sarampo foi fundamental para chegar até agora sem registro de caso da doença. Ao todo, foram quatro ações importantes no município. A Secretaria de Saúde mantém o alerta contra a doença e ressalta que a tríplice viral faz parte do calendário básica de vacinação e continua disponível em todas as unidades básicas de saúde do município.