Saúde adota novas medidas assistenciais para o atendimento da dengue Saúde adota novas medidas assistenciais para o atendimento da dengue 12 >
}


PORTAL
TRANSPARÊNCIA

PORTAL
SERVIDOR

PORTAL
SAÚDE
WhatsApp

Data | Hora de publicação: 13/02/2020 | 15:08:36

Saúde adota novas medidas assistenciais para o atendimento da dengue

Laboratório na UPA João Samek, ala da dengue no HMPGL, reforço nas capacitações e abertura de UBSs nos finais de semana estão entre as estratégias




A Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) está adotando novas medidas assistenciais para o atendimento da dengue. Dentre elas estão a instalação de um laboratório de exames na UPA João Samek, leitos exclusivos para o tratamento da doença no Hospital Municipal Padre Germano Lauck (HMPGL) e a abertura de unidades básicas de saúde nos finais de semana.

As novas estratégias visam atender a demanda crescente de pacientes com sintomas da doença, que já é considerada uma epidemia na cidade, com mais de 750 casos confirmados. Em menos de uma semana, os números saltaram em mais de 200%, causando superlotação no sistema de urgência e emergência.

“Todas essas medidas visam ampliar o acesso e garantir a agilidade no atendimento e a assistência qualificada para o usuário de saúde, mas precisamos reforçar que a maneira mais eficiente de prevenir essa doença é com o controle do mosquito, e, por isso, é fundamental a conscientização da importância dos cuidados nas residências e terrenos”, expressou Bobato.

Laboratório

O laboratório está em fase de instalação na UPA João Samek e deve em entrar em funcionamento nesta sexta-feira (14). A medida visa agilizar o resultado dos exames para a confirmação da dengue e o manejo adequado do paciente. A unidade é a que concentra o maior número de casos notificados da doença; cerca de 400 somente neste mês.

Os exames hematológicos serão utilizados para confirmação do diagnóstico clínico, identificação do estágio da doença e tratamento adequado. O equipamento é capaz de fazer até 200 exames por hora e o resultado varia entre cinco a quarenta cinco minutos.

UBSs abertas

Outra importante decisão é a abertura de unidades básicas de saúde nos finais de semana. A princípio, cinco UBSs abrem neste sábado (15), das 8h às 17h, para atender prioritariamente pacientes com sintomas da dengue. São elas: São João, KLP, Vila Yolanda, Profilurb II e Morumbi II. Nos próximos finais de semana, as unidades devem passar a abrir também aos domingos.

“A medida visa desafogar o atendimento nas UPAS, que são destinadas prioritariamente a atender as situações de urgência e gravidade. É fundamental que o usuário busque a unidade de saúde nos primeiros sintomas da doença. É a UBS quem classifica e encaminha os casos mais graves para as UPAS ou para o Hospital”, reforçou Bobato.

O HMPGL também está implantando uma ala da dengue com vistas ao tratamento exclusivo do tratamento da doença.

Capacitações

A Secretaria Municipal de Saúde também está promovendo um novo ciclo de capacitações aos profissionais da rede, entre auxiliares, médicos e enfermeiros, para o atendimento e manejo da dengue. Desde o início do novo ano epidemiológico, mais de quinhentos servidores já passaram por treinamentos. As medidas atendem ao Plano de Contingência de Combate à Dengue norteia as ações de prevenção, combate, controle e assistência da doença.

 No sábado (15), o Governo Municipal de Foz do Iguaçu promove a terceira grande mobilização deste ano de combate à dengue. A ação acontecerá das 8h às 14h nas regiões mais afetadas pela doença. Mais de 700 servidores da prefeitura estão sendo mobilizados para se integrar à força tarefa.