15 >
}


PORTAL
TRANSPARÊNCIA

PORTAL
SERVIDOR

PORTAL
SAÚDE

Parquímetros

  • A seta junto ao número da vaga indica em que direção encontra-se o parquímetro a ser utilizado e não a vaga. Existem vários parquímetros por quadra e as setas servem para que o condutor utilize o equipamento correto.
  • Atenção ao ler o número da vaga gravado na calçada para não confundir, por exemplo, o número 09 que é o correto, com o número 60 que não existe no parquímetro.
  • As vagas com indicação de indisponíveis no parquímetro não existem para registro. Portanto, se o condutor parar em uma das vagas indisponíveis deve se certificar sobre a direção da seta ao lado da vaga, pois provavelmente estará ocorrendo a tentativa de utilizar-se do parquímetro errado ou vagas especiais (PNE e Idoso)., que podem acarretar multas.
  • Para o acionamento correto do parquímetro, carregar ou recuperar minutos através do bóton, Cartão ou do Chaveiro, deve-se pressioná-lo no leitor por até 4 (quatro) segundos. Evite inserir e logo em seguida retirar o bóton, pois esse procedimento pode não registrar os créditos (minutos) ao número da vaga desejada ou não recuperar os restantes quando for o caso.
  • Para acionar a uma vaga do parquímetro, deve-se acionar a vaga desejada e, em seguida, aproximar o Cartão, chaveiro ou o bóton em seus respectivos leitores, conforme indicação constante no aparelho.
  • Nos parquímetros, os botões das vagas são compostos por sensores internos. Portanto, para que os mesmos sejam acionados, deve-se pressioná-los e não apenas tocá-los.
  • Com o bóton, o cartão e o chaveiro é possível utilizar o tempo de tolerância de 10 (dez) minutos. Exemplo: Se você registrou 120 (cento e vinte) minutos no parquímetro e ao sair restarem 110 (cento e dez) minutos, os 120 minutos serão recuperados por completo. Porém, se no momento de recuperação, restarem 109 (cento e nove) minutos serão descontados 30 (trinta) minutos, que é o tempo mínimo de cobrança pelo parquímetro. O tempo de tolerância é um tempo reduzido, até 10 (dez) minutos, que não se cobra pela utilização do estacionamento.
  • Após o tempo mínimo de cobrança de 30 (trinta) minutos, o parquímetro passará a cobrar minuto a minuto. Esse tempo mínimo já existia na época da utilização dos cartões.
  • Para carregar créditos (minutos) no bóton, cartão ou chaveiro o condutor tem duas opções: 1ª) Junto às orientadoras do ESTARFI; 2ª) Sozinho, inserindo as moedas, pressionando-se o bóton, cartão ou chaveiro no leitor por 4 (quatro) segundos. Neste caso não se deve pressionar a vaga, para que não ocorra a perda dos créditos, pois se fizer isso, o sistema entenderá que se deseja acionar uma vaga.  
  • Ao utilizar-se de moedas para o acionamento do parquímetro, deve-se verificar se ocorreu retorno no compartimento localizado logo abaixo do local onde se insere as moedas.
  • Atenção quanto às moedas manchadas, queimadas ou com algum tipo de defeito, pois essas podem não serem reconhecidas pelo parquímetro. Procure inserir moedas que estejam em condições normais.


ESTARFI – Estacionamento Rotativo de Foz do Iguaçu,
Avenida JK esquina com Rua Bartolomeu de Gusmão, 325, Centro, Foz do Iguaçu.
Maiores informações através do telefone (45) 2105-8297.